#6 – Nossa maior necessidade

[Download não encontrado.]

Introdução

O acontecimento mais relevante após a morte de Cristo foi o pentecostes, ou a chuva temporã. O acontecimento mais importante antes da volta de Cristo será o novo pentecostes, ou a chuva serôdia, que trará consigo um reavivamento da primitiva piedade.

Mais importante que guerras e rumores de guerras, mais importante que a união das igrejas, mais importante que o decreto dominical, mais importante que qualquer profecia a ser cumprida antes da volta de Cristo, é a profecia que prevê o derramamento da chuva serôdia, o segundo pentecostes.

Assim como era importante o derramamento da chuva serôdia antes da colheita no antigo Israel, é importante o derramamento da chuva serôdia antes da colheita final da terra – a volta de Cristo. Sem a chuva serôdia a missão de pregar o Evangelho não termina, nem Jesus volta.

O reavivamento não é um acontecimento que deve ser aguardado apenas, é também uma resposta de Deus aos nossos esforços e consagração por alcançá-lo. Precisamos organizar nossa vida de forma que, quando a profecia atingir seu tempo de cumprimento, a igreja possa se achar preparada, disposta e disponível.

 

Lendo a Palavra

Joel 2:15-17, 28-29, 32

Atos 2:37-39
Aprendendo da Palavra

 

1. O que é a chuva serôdia?

[a] É uma chuva que cai na Amazônia após o almoço

[b] É o derramamento do Espírito Santo

[c] É uma chuva que caía em Israel para preparar a colheita

[d] É a chuva tardia

[e] É o símbolo do reavivamento

2. Qual a(s) razão(ões) para reconhecermos que estamos no tempo do reavivamento?

[a] As profecias estão avançadas

[b] A contrafação está estabelecida

[c]  Há um clamor mundial

[d] A necessidade da igreja

[e] A proximidade da volta de Cristo

3. Por que precisamos de um reavivamento?

[a] As igrejas estão mornas

[b] Não há fervor evangelístico

[c] Ainda não estamos unidos

[d] Falta poder nas pregações

[e] Ainda não estamos unidos

[f] Reconheço que minha alma ainda não está reavivada

4. O que o profeta Joel recomenda fazer como preparo para o reavivamento?

[a] Santificai um  _________________ .

[b] Convocai uma  ______________________ solene.

[c] Congregai o _________________ .

[d] _________________ a congregação.

[e] Ajuntai os _______________ (líderes da igreja).

[f] Congregai as _________________.

[g] Chorem os  _________________ e _________________ do Senhor.

Aplicando a Palavra

5. Será que, para o derramamento da chuva serôdia, condição indispensável para cumprirmos a missão de pregar o Evangelho a todo o mundo, nós precisamos também estar:

[a] Unidos?

[b] Reunidos?

[c] Unânimes?

[d] No mesmo lugar (em comunhão)?

[e] Em grupos pequenos?

6. O que significa para mim hoje “tocai a trombeta em Sião”?

[a] Quebrar a monotonia da espera

[b] Avisar a igreja que é tempo de reavivamento

[c] Desperta da letargia espiritual

O que fazer

Quando o tempo da profecia se cumpriu e chegou a hora do derramamento do Espírito Santo, os discípulos estavam unidos, reunidos e unânimes, no mesmo lugar (numa casa), em um grupo pequeno, esperando o batismo que os capacitaria realizar a missão que Cristo deixara para eles.

Estamos nos aproximando do novo derramamento do Espírito Santo e também precisamos estar unidos, reunidos e unânimes. A chuva serôdia virá para preparar a igreja para dar a última mensagem ao mundo e um poderoso testemunho de que é possível ser fiel a Deus e ser feliz.

Compromisso

Sabendo que estamos no tempo do reavivamento, pretendo me preparar ou contribuir com o mesmo:

  • Ter um plano de oração e intercessão
  • Promover e/ou participar de vigílias
  • Pregar mais sobre reavivamento
  • Reformar meus hábitos e práticas

 

Para refletir

“Senhor, dá-me a Escócia ou eu morro!”

John Knox

“Se não queres dar-me almas, retira a minha!”

Whitefield

“Senhor, tenho que dar conta de três mil almas e não sei como estão.”

John Welsh

 

Conclusão

“Antes de os juízos finais de Deus caírem sobre a Terra, haverá, entre o povo do Senhor, tal avivamento da primitiva piedade como não fora testemunhado desde os tempos apostólicos. O Espírito e o poder de Deus serão derramados sobre Seus filhos” (GC, 464).

“Um reavivamento da verdadeira piedade entre nós, eis a maior e a mais urgente de todas as nossas necessidades. Buscá-lo, deve ser a nossa primeira ocupação. Importa haver diligente esforço para obter a bênção do Senhor, não porque Deus não esteja disposto a outorgá-la, mas porque nos encontramos carecidos de preparo para recebê-la. Nosso Pai celeste está mais disposto a dar Seu Espírito Santo àqueles que Lho peçam, do que pais terrenos o estão a dar boas dádivas a seus filhos. Compete-nos, porém, mediante confissão, humilhação, arrependimento e fervorosa oração, cumprir as condições estipuladas por Deus em Sua promessa para conceder-nos Sua bênção” (ERP, 285).

 

Oração

“Senhor, dá um reavivamento da primitiva piedade para minha vida, minha família, meu pequeno grupo e minha igreja”.

 

 

 

Autor: Umberto Moura

Edição: Joelson Moura

www.pequenosgrupos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.