#10. Enfrentando tempestades

Quando você era pequeno, para onde você ia quando havia uma grande e forte tempestade, com relâmpagos, trovões e tudo que tem direito?

[   ] Para a cozinha, fazer um lanche para matar a ansiedade.

[   ] Para a sala e ficava olhando pela janela a tempestade lá fora.

[   ] Para a rua, tomar banho de chuva debaixo da bica.

[   ] Para o quarto de meus pais, o lugar mais seguro da casa.

[   ] Para a casa de meu melhor amigo brincar até a tempestade passar.

As tempestades, em nossas vidas, são símbolo dos problemas e das dificuldades que todos passamos.  Nesses momentos é importante ter a certeza que nosso “timoneiro” está bem ali e nos conduzirá a um porto seguro. Os discípulos, certa vez, tentaram enfrentar uma tempestade sozinhos e estavam indo a pique quando… vejamos o que aconteceu!

Para download desta lição em PDF, clique no link abaixo:


	10-Enfrentando-Tempestades.pdf	(559 downloads)

Lendo a Palavra

Certo dia Jesus subiu num barco com os seus discípulos e disse:

— Vamos para o outro lado do lago.

Então eles partiram. Enquanto estavam atravessando o lago, Jesus dormiu. Um vento muito forte começou a soprar sobre o lago, e o barco foi ficando cheio de água, de modo que todos estavam em perigo. Aí os discípulos chegaram perto de Jesus e o acordaram, dizendo:

— Mestre, Mestre! Nós vamos morrer!

Jesus se levantou e deu uma ordem ao vento e à tempestade. Eles pararam, e tudo ficou calmo. Então ele disse aos discípulos:

— Por acaso vocês não têm fé?

Mas eles estavam admirados e com medo, e diziam uns aos outros:

— Que homem é este? Ele manda até no vento e nas ondas, e eles obedecem!

Lucas 8:22-25 – NTLH

 

Aprendendo da Palavra

1. O que pensavam os discípulos quando a tempestade começou?

[a] Acho que não deveríamos andar de barco à noite.

[b] Tudo bem! Deve ser só uma chuvinha.

[c] Já enfrentamos tantas tempestades que não teremos problemas!

[d] Só começo a viagem depois que Jesus entrar no barco.

2. Quando a tempestade foi crescendo e ficando intransponível, que será que eles pensaram?

[a] Bem que eu avisei para não andarmos de barco!

[b] Já enfrentei tempestades piores!

[c] Ainda bem que Jesus está conosco!

[d] Vamos morrer!!!

3. Qual emoji você acha que os discípulos usariam para responder alguém que nessa hora perguntasse sobre a viagem?

[a]🤪

[b]😱

[c]😳

[d]😵

[e]😬

[f]😘

[g]😭

[h]😎

[i]🤬

[j]😴

[k]😜

[l]🤨

[m]🙌

[n]🙏

[o]👋

[p]👎

[q]🤞

[r]👍

4. O que Jesus queria ensinar ao continuar dormindo no meio de uma violenta tempestade?

[a] “Os que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não se abala” (Sl 125:1).

[b] “Entrega teus caminhos ao Senhor confia nele e ele tudo fará” (Sl 37:5).

[c] “Quando passares pelos rios, eles não te submergirão” (Is 43:2).

[d] “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem e os livra” (Sl 34:7).

[e] “Tudo é possível ao que crê” (Mc 9:23).

5. O que será que os discípulos sentiram ao continuar a travessia calmamente, com um mar calmo e sem ondas?

[a] Quem é este homem?

[b] Por que alguém com autoridade até sobre a natureza não nos livra dos romanos?

[c] Verdadeiramente este é o Filho de Deus!

[d] Tanto poder me assusta!

6. Afinal, quem estava com medo de quem nesta história?

[a] Os discípulos com medo de Jesus.

[b] A tempestade com medo de Jesus.

[c] Os discípulos com medo da tempestade.

[d] Jesus com medo da tempestade que quase matou seus discípulos.

[e] Jesus com medo dos discípulos, por causa da pequena fé deles.

Aplicando a Palavra

7. Quando nuvens negras invadem sua vida, você consegue perceber que o sol ainda brilha?

[a] Sim, consigo sem dificuldades.

[b] Consigo, entretanto só o vejo brilhar para outros.

[c] Consigo enxergar o sol, mas não sinto seus efeitos.

[d] Não consigo enxergar o sol, mas sinto seus efeitos.

[e] Não consigo enxergar o sol, muito menos sentir seus efeitos.

[f] Nesses momentos eu não quero ver o sol. Prefiro continuar no escuro.

8. Como você reage quando, ao atravessar uma tempestade, Jesus parece estar dormindo?

[a] Continuo tentando remar sozinho.

[b] “Entrego os pontos” e desisto.

[c] Grito cada vez mais alto, tentando acordá-lo.

[d] Pulo fora do barco. Talvez sozinho eu tenha mais chance.

9. Que tipo de reações são incompatíveis com a fé?

[a] Desespero [b] Ódio [c] Ira
[d] Alegria [e] Conforto [f] Desânimo
[g] Persistência [h] Compreensão [i] Paciência
[j] Paciência [k] Esperança [l] Tristeza

10. O que você aprendeu a respeito de Cristo nessa história?

[a] Ele está sempre por perto quando atravesso uma tempestade.

[b] Mesmo que ele pareça dormir, não preciso preocupar-me.

[c] Ele é onipotente. Seu poder é infinito.

[d] Só ele tem poder sobre a natureza.

[e] Ele confiava plenamente no Pai.

[f] Ele sabe a hora certa de agir.

[g] Ele conta conosco na “travessia do mar da vida”.

[h] Se ele estiver comigo, com certeza chegarei a um porto seguro.

Para refletir

Os discípulos de Jesus eram pescadores experientes e com certeza já haviam enfrentado tempestades como aquela. Dessa vez, entretanto, seus esforços pareciam inúteis. Achavam-se impotentes e sentiram-se até mesmo sem esperança. Concentrados na luta pela própria vida, esqueceram que entre eles estava aquele que é a fonte da vida e da esperança.

Frequentemente acontece também conosco de, ao enfrentarmos as tempestades e nos concentrarmos na luta pela sobrevivência, nos esquecemos que ao nosso lado está Jesus. Tentamos em vão, sozinhos, atravessar a tempestade, até que recorremos a Jesus. É nesta hora então que a tempestade vira calmaria.

Observem que Jesus somente interviu quando os discípulos clamaram por ele. Seria uma espécie de charminho do Mestre? Não! Mas ele quer que nós depositemos confiança incondicional nele e isto só fica evidenciado quando vamos até ele e clamamos.

Umberto Moura e Delman Falcão

Baseado em Serendipity Bible

Edição: Joelson Moura

www.pequenosgrupos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.