8. Mais que vencedores

Leitura da semana: Romanos 8
Quebra-Gelo: Quais as características de uma pessoa que é vitoriosa na vida?

NENHUMA CONDENAÇÃO HÁ PARA OS QUE ESTÃO EM CRISTO JESUS

Paulo afirma em Romanos 8:1-2 que não há nenhuma condenação “para os que estão em Cristo Jesus”, e que por meio do Espírito Santo fomos libertos da “lei do pecado e da morte”, ou seja, do poder do pecado. Por isso, deixamos de estar “debaixo [da condenação] da lei”. Paulo usa o termo “lei” que, dependendo do contexto, pode designar (1) lei, (2) um princípio geral ou (3) poder, força.

A presença ou habitação do Espírito Santo na vida da pessoa subjuga os desejos pecaminosos da carne (Rm 8:9-13). Além disso, todos aqueles que são guiados pelo Espírito tornam- -se filhos de Deus por meio da “adoção” (Rm 8:14-16).

SOFRIMENTO E GLÓRIA

Embora Romanos 8 inicie falando sobre a santificação por meio do Espírito, o tema central desse capítulo é a segurança do seguidor de Cristo. O argumento é simples: “se com ele (Cristo) sofremos, também com ele seremos glorificados” (Rm 8:17). E quando é feita a comparação entre os sofrimentos no presente, com a glória futura, a conclusão a que Paulo chega é “que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada” (Rm 8:18).

OS ATOS SALVÍFICOS DE DEUS

Os atos salvíficos da divindade (Pai, Filho e Espírito) foram resumidos em Romanos 8:30: predestinação, chamado, justificação e glorificação. Deus não predestinou ninguém para a perdição. Ao contrário, todos nós fomos predes- tinados à salvação (Ef 1:3-14). Compete a cada um (e não a Deus) escolher o seu destino final. Deus chama a todos para a salvação e aqueles que atendem Seu chamado são justificados (salvos da penalidade do pecado) e estão sendo santificados (salvos do poder do pecado), e, quando Jesus voltar, serão glorificados (salvos da presença do pecado).

AS CINCO PERGUNTAS SEM RESPOSTAS

A expressão “mais que vencedores” é a tradução de uma palavra composta (hyper – em cima, sobre; nikimen – vencedor). Portanto, o significado não está relacionado somente a uma simples vitória. Mais que isso, é sobre vencer ou vencer gloriosamente. No futebol, se referiria a quando um time não apenas ganhou o jogo, mas venceu de goleada.

Como isso é possível? “Por meio daquele que nos amou” (Rm 8:37). Com base nessa verdade, Paulo faz cinco perguntas sem respostas, que, no texto, estão seguidas por argumentos que silenciam as questões levantadas:

PERGUNTA 1: Se Deus é por nós, quem será contra nós? (v. 31b)
ARGUMENTO 1: E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou. (v. 30)

PERGUNTA 2:… porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? (v. 32b)
ARGUMENTO 2: Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou… (v. 32a)

PERGUNTA 3: Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? (v. 33a)
ARGUMENTO 3: É Deus quem os justifica… (v. 33b)

PERGUNTA 4: Quem os condenará? (v. 34a)
ARGUMENTO 4: É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós. (v. 34b)

PERGUNTA 5: Quem nos separará do amor de Cristo? (v. 35a)
ARGUMENTO 5: Não há como! Estou convencido de que nada — vivo ou morto, angelical ou demoníaco, atual ou futuro, alto ou baixo, pensável ou impensável —, absolutamente nada pode se intrometer entre nós e o amor de Deus, quando vemos o modo com que Jesus, nosso Senhor, nos acolheu. (Rm 8:35-39; A Mensagem).

O amor de Deus é inabalável!

PERGUNTAS PARA DISCUSSÃO:

  1. Qual o papel do Espírito Santo na salvação de pecadores? Como vivem os que são do Espírito? (Rm 8:1-17);
  2. Quais são as provas e certezas do amor de Deus? Se Deus nos ama, por que Ele permite que seus filhos sofram? (Rm 8:18-39);
  3. Por que somos considerados “mais que vencedores”? (Rm 8:37).

CONCLUSÃO

“Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”.

Romanos 8:37; ARA.


Autor da lição: Pr. Gleydson Barbosa



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.