#4. Um paralítico descendo do telhado

Você alguma vez já precisou de um amigo às 3h da madrugada? Qual foi a reação dele?

[  ] Bateu o telefone na minha cara.

[  ] Não chegou nem a abrir a porta de casa e me escutar.

[  ]  Atendeu-me, mas desculpou-se pois o carro não tinha gasolina.

[  ] Procurou atender-me rapidamente para poder voltar a dormir.

[  ] Atendeu-me com a máxima prestatividade possível.

Certa vez um homem precisou incomodar bastante seus amigos para poder chegar até Jesus. Você também conhece essa história?

Para download desta lição em PDF, clique no link abaixo:


	04-Um-paralítico-descendo-do-telhado.pdf	(548 downloads)

Lendo a Palavra

Alguns dias depois, Jesus voltou para a cidade de Cafarnaum, e logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa. Muitas pessoas foram até lá, e ajuntou-se tanta gente, que não havia lugar nem mesmo do lado de fora, perto da porta. Enquanto Jesus estava anunciando a mensagem, trouxeram um paralítico. Ele estava sendo carregado por quatro homens, mas, por causa de toda aquela gente, eles não puderam levá-lo até perto de Jesus. Então fizeram um buraco no telhado da casa, em cima do lugar onde Jesus estava, e pela abertura desceram o doente deitado na sua cama. Jesus viu que eles tinham fé e disse ao paralítico:

— Meu filho, os seus pecados estão perdoados.

Alguns mestres da Lei que estavam sentados ali começaram a pensar: “O que é isso que esse homem está dizendo? Isso é blasfêmia contra Deus! Ninguém pode perdoar pecados; só Deus tem esse poder!”

No mesmo instante Jesus soube o que eles estavam pensando e disse:

— Por que vocês estão pensando essas coisas? O que é mais fácil dizer ao paralítico: “Os seus pecados estão perdoados” ou “Levante-se, pegue a sua cama e ande”? Pois vou mostrar a vocês que eu, o Filho do Homem, tenho poder na terra para perdoar pecados.

Então disse ao paralítico:

— Eu digo a você: levante-se, pegue a sua cama e vá para casa.

No mesmo instante o homem se levantou na frente de todos, pegou a cama e saiu. Todos ficaram muito admirados e louvaram a Deus, dizendo:

— Nunca vimos uma coisa assim!

Marcos 2:1-12 NTLH

 

Aprendendo da Palavra

1. Se você fosse o paralítico, quando seus amigos decidiram levá-lo ao telhado, remover as telhas e descê-lo no recinto, como você se sentiria?

[a] 😕 Relutante: Eu irei ficar envergonhado.

[b] 😡 Irritado: Vocês vão me derrubar.

[c] 🤔 Duvidoso: Esses caras estão malucos.

[d] 😊 Grato: Aprecio o esforço desses caras.

[e] 😳 Apreensivo: Eles irão nos expulsar de lá de dentro.

[f] 😒 Misto: Acho que não vai funcionar, mas quero ao menos tentar.

2. O que o levaria a descer seu amigo paralítico pelo telhado?

[a] Organização

[b] Coragem

[c] Um bom senso de humor

[d] Força física

[e] Tempo disponível

[f] Desespero

3. Quando a multidão ouviu a confusão no telhado e viu o paralítico descendo, como reagiram os espectadores?

[a] 🤨 Ofendidos: essas pessoas não têm um pingo de respeito!

[b] 🤪 Entretidos: este é o melhor show da cidade!

[c] 🤯 Irritados: expulsem-nos imediatamente!

[d] 😢 Simpatia: que cuidado com um amigo doente!

4. Quando Cristo disse ao paralítico “Filho, os seus pecados estão perdoados”, o que será que os fariseus e os doutores da lei pensaram?

[a] Quem esse cara pensa que é?

[b] Ele não tem o direito de pensar que a paralisia é causada pelos pecados!

[c] Este homem deve ser julgado por sua blasfêmia!

[d] Espere um pouco: esse homem não pecou; apenas está doente!

[e] Jesus está querendo ensinar que a doença física e a espiritual estão correlacionadas.

5. Se algo assim acontecesse em sua igreja, o que o povo diria?

[a] É o que vimos de mais excitante nos últimos anos.

[b] Quem irá pagar o conserto do telhado?

[c] Tudo que este homem tocar ficará novo.

[d] Vocês verão que isso não acontecerá de novo.

Aplicando a Palavra

6. Pare um pouco e pense sobre as principais áreas da sua vida. Da relação abaixo, onde você se sente melhor?

[a] Corpo: sinto-me fisicamente bem.

[b] Mente: não tenho stress.

[c] Espírito: estou em comunhão com Deus

[d] Trabalho / escola: faço o que gosto.

[e] Relacionamento: sou uma pessoa feliz.

[f] Futuro: sinto-me em paz e seguro.

7. Como seu pequeno grupo poderia ajudar você hoje na área onde você sente maior necessidade? Peça que cada um em seu grupo termine a frase:

“A maneira pela qual você poderia me ajudar mais é …”

[a] …estudando mais a Bíblia comigo.

[b] …ensinando coragem e fé.

[c] …com bom senso de humor.

[d] …fortalecendo-me fisicamente.

[e] …através do poder da oração.

[f] …tirando meu desespero.

[g] …sendo meus companheiros.

8. Em que aspecto de sua vida você está precisando ouvir de Jesus “os seus pecados estão perdoados”?

[a] Corpo: tenho maltratado bastante meu corpo.

[b] Mente: está cheia de bobagens.

[c] Espírito: está faminto, quase à míngua.

[d] Relacionamentos: tenho falhado bastante com meus amigos.

Para refletir

9. Nessa história, com quem você se parece mais?

[a] Com os amigos do paralítico.

[b] Com paralítico.

[c] Com os mestres da lei.

[d] Com a multidão admirada e louvando a Deus pelo milagre.

Com certeza o paralítico já devia ter procurado os sacerdotes para que intercedessem por ele a Deus. Os sacerdotes não o ajudaram, pelo contrário, o fizeram sentir-se ainda pior, acusando-o de estar nessa condição como consequência de seus pecados. Esse era o costume da época. Agora tinha não somente a dor física, mas também uma consciência bastante dolorida.

Jesus, ao atender pecadores preocupava-se em observar todos os aspectos: Físico, mental, espiritual. Atendendo o paralítico, primeiro libertou-o da dor de consciência, que lhe era mais pesada. Isso só foi possível, porque Jesus conhecia a dor daquele homem. Devemos seguir seu exemplo e esforçar-nos por buscar de Jesus a solução definitiva para o nosso problema também. Só Ele tem a solução.

Sugestões:

  • Analise-se por inteiro. Veja onde você está precisando de ajuda;
  • Peça ao Senhor que o ajude a resolver seu problema;
  • Não fique esperando a solução de braços cruzados. Tome também alguma iniciativa (o paralítico saiu de casa e esforçou-se ao máximo para chegar até Jesus);
  • Siga as orientações de Deus;
  • Agradeça os resultados.

Umberto Moura e Delman Falcão

Baseado em Serendipity Bible

Edição: Joelson Moura

www.pequenosgrupos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.