#05 – Uma Escolha Importante

[Download não encontrado.]

Uma Escolha Importante

 

Introdução

De que maneira você geralmente reage quando pensa ter algo muito importante para falar?

[   ] Vou logo falando, sem pensar antes, nem esperar ninguém.

[   ] Para um pouco, avalio o que vou dizer e só depois falo.

[   ] Paro apenas para esperar os outros terminarem de falar e logo começo.

[   ] Antes de falar penso se alguém ficará machucado com minhas palavras.

[   ] Se a mensagem é correta, falo. Doa a quem doer.

[   ] Geralmente fico meditando dias e noites para não falar bobagem.

Parafraseando Rui Barbosa, vulgar é o falar sem pensar, raro é o pensar para falar. Pensar antes de falar, antes de reagir é um verdadeiro teste para nosso cristianismo teórico. Quantas vezes temos um plano ou uma expectativa de que falaremos ou agiremos de certa maneira, mas quando chega a nossa hora, nossa teoria vai para o ralo.

Muitas vezes nos sentimos tão seguros de nossas respostas, de nossa lógica, de nossa autoconfiança que, quando chega a hora do teste, geralmente pela via do inesperado, descobrimos que era mais fácil aconselhar do que viver, era mais fácil dizer ao outro como deveria fazer do que fazer.

Muitos dos nossos relacionamentos são construídos, ou destruídos, pelo que dizemos, pelos compromissos que assumimos, mas que, infelizmente, não os cumprimos. Por isso é necessário refletir, principalmente se este compromisso tem a ver com a nossa salvação. Hoje nós vamos conhecer uma dessas situações e avaliar a mensagem que ela tem para nós.

 

Lendo a Palavra

Josué 24:1-25

Aprendendo da Palavra

1. Quem eram as pessoas reunidas em Siquém?

[a] Pessoas ignorantes quanto à vontade de Deus
[b] Pessoas com informações suficientes para decidir corretamente
[c] Pessoas cansadas da guerra, sem paciência para escutar lorotas
[d] Pessoas calejadas de tanto ver a morte de perto
[e] Pessoas valentes e corajosas, dispostas a qualquer coisa

2. Depois de tudo que os israelitas passaram, por que você acha que eles receberam essa mensagem neste momento?

[a] Josué tinha dúvidas quanto ao compromisso deles com Deus
[b] Crer é sempre uma opção para o crente
[c] Ninguém deve servir a Deus e também a outra coisa qualquer
[d] Josué estava precisando de apoio para sua liderança

3. O que estava por trás da resposta do povo quando disse: “Nunca poderíamos pensar em abandonar ao Deus Eterno”?

[a] Fé e compromisso incondicionais
[b] Apesar de tudo, medo do que Deus iria fazer
[c] Um pequeno autoconfissão
[d] Um senso de obrigação, depois de tudo o que Deus fez
[e] Eles só serviriam ao Senhor se Josué também o fizesse

4. Por que Josué parecia com dúvidas de que os israelitas cumpririam seu compromisso?

[a] Ele já havia visto outros compromissos serem quebrados
[b] Josué estava velho e logo não haveria mais testemunhas do voto
[c] Eles estavam no meio de nações muito ímpias
[d] A maneira como responderam não mostrou firmeza de propósito
[e] Deus já lhe havia revelado o futuro
[f] Não é fácil dirigir tamanha multidão nos caminhos do Senhor

Aplicando a Palavra

5. Como você se sente ao fazer uma opção entre Deus e qualquer outra coisa?

[a] Não hesito em escolher Deus
[b] Ainda fico um pouco hesitante
[c] Estou pronto a escolher Deus quando tiro minhas dúvidas
[d] Às vezes não percebo que deixei Deus de lado
[e] Penso: “Será que depois eu poderei voltar atrás?”

6. De que maneira Deus tem mostrado que confia em mim?

[a] Ele me chamou para estar do lado dEle
[b] Ele tem feito alguns milagres em minha vida
[c] Ele tem me protegido na minha caminhada
[d] Ele tem me ajudado a transpor vários obstáculos
[e] Ele tem me revelado a fragilidade das outras alternativas

7. Meditando em sua vida passada, você consegue lembrar de algum momento em que Deus fez a diferença?

[a] Sim                                          [b] Não

8. Você gostaria de partilhar com seu pequeno grupo sua experiência?

                                                                                                                                                                             

                                                                                                                                                                             

Para Refletir

9. Existem, na sua vida, outros deuses aos quais você é tentado a servir? Quais?

[a] Dinheiro
[b] Poder
[c] Trabalho
[d] Segurança
[e] Ídolos
[f] O mundo
[g] Eu mesmo

 

Conclusão

“No fim da década de 1890, um famoso acrobata chamado Blondin atravessou numa corda as cataratas do Niágara. Em grande suspense, 10.000 pessoas observavam enquanto ele, centímetro após centímetro, atravessava por sobre a corda as cataratas, de uma margem à outra, entre o Canadá e os Estados Unidos. Quando alcançou o final, a multidão começou a aclamá-lo, gritando seu nome: ‘Blondin, Blondin, Blondin!’

“Finalmente ele levantou os braços, aquietou a multidão e gritou: Eu sou Blondin. Vocês creem em mim?

– Nós cremos, nós cremos, nós cremos. – De novo gritou a turba.

“Uma vez mais ele silenciou a multidão e perguntou:

– Vou voltar na corda para o outro lado, mas desta vez quero levar alguém nas minhas costas. Vocês acreditam que eu posso fazê-lo?

– Nós cremos, nós cremos! – gritou a multidão.

O acrobata novamente aquietou a multidão e perguntou:

– Quem quer ser esta pessoa?

“Silêncio absoluto. Ninguém se movia. Finalmente, de dentro da multidão se adiantou um homem. Subiu aos ombros de Blondin, e durante as seguintes três horas e meia, Blondin, centímetro após centímetro, cruzou de volta pela corda, para o lado das cachoeiras no Canadá.

“Crer significa uma entrega completa. Entregar nossa vida Àquele em quem nós cremos. É tomar uma decisão ao lado do Senhor. É subir nos ombros de Jesus e atravessar o abismo do pecado rumo à Canaã celestial.”

Como um Pequeno Grupo, pense no compromisso que Josué levou o povo a assumir e renove seu compromisso com Deus:

  • Compartilhe algo que Deus fez por seu PG ou por sua família;
  • Identifique um fato concreto que demonstre claramente que você tem um compromisso com Deus;
  • Escreva num pedaço de papel um outro “deus” que você deseja esquecer;
  • Amasse o papel e jogue-o numa cesta de lixo;
  • Agradeça a Deus pela vitória e celebre com uma música de louvor.

 

Umberto Moura e Delman Falcão

Baseado em: Serendipity Bible

Edição: Joelson Moura

www.pequenosgrupos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.